sábado, 30 de outubro de 2010

Pequeno infinito [...]



'De mãos dadas,eu e o meu pequeno infinito.
Tão grande pequeno infinito,com seus braços tão pequenos a abrigar todos esses meus pensamentos,sonhos,idéias,lágrimas e sorrisos.
Este pequeno infinito,às vezes até pensa ter um fim.Às vezes até pensa em me deixar de lado,talvez eu seja muito pesada pra esse pequeno infinito.Mas o meu pequeno infinito me entende,me faz renascer,me faz querer viver.Esse infinito que mora aqui dentro,onde tudo tem um fim.Doce paradoxo.
Infinito que existe dentro de cada um de nós,a provar que somos mesmo, seres eternos.
Infinito é esse pequeno infinito,a transbordar milhões de pequenas coisas que fazem a tão imensa diferença.'


(Rosana.C.Martins)

6 comentários:

  1. Lindíssimas palavras, muito bom seu Blog.

    http://wwwbrubiologia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. E depois de um dia estressante, é acalmador ler um texto de tamanha beleza, suavidade e sutileza!
    "Infinito que existe dentro de cada um de nós,a provar que somos mesmo, seres eternos."
    PERFEITO!

    Bjos!

    ResponderExcluir
  3. Conserve seu infinito, ele é a unica coisa que vai fazer vc seguir em frente! adorei o blog, tô seguindo!

    ResponderExcluir
  4. Gostei do texto, bonito, existem pessoas com o dom das palavras, com certeza.
    Retribuindo a visita. abçs

    ResponderExcluir